Vasectomia pelo SUS em 2020 – Como fazer, Requisitos e Como funciona

Você sabia é que possível realizar a Vasectomia pelo SUS? Apesar de muitos não saberem, a realização da Vasectomia pelo SUS é feita de forma totalmente gratuita, mas é preciso atender a alguns requisitos, além de ter seu planejamento familiar traçado, visto que a reversão da vasectomia é complicada e exige uma cirurgia além.

Em geral, a vasectomia é um processo cirúrgico voltado para quem busca uma esterilização permanente. Por vezes associado ao âmbito particular, o procedimento também pode ser realizado de forma gratuita, junto ao SUS, assim, você precisa passar por uma consulta e planejamento familiar prévio, além de verificar toda a saúde do homem em questão pelos profissionais de saúde, o que é muito importante além do bem estar.

Apesar de muitos ainda não saberem, o Sistema Único de Saúde já se predispõe a realizar o processo para aqueles que atendam aos requisitos. Por isso, veja aqui como agendar uma consulta, como funciona depois da cirurgia, como é o processo no consultório médico, se isso interfere no desempenho sexual, recomendações para fazer essa cirurgia e muito mais.

Quer saber mais sobre a Vasectomia pelo SUS 2020 e como você pode realizar a cirurgia de forma gratuita? Então confira abaixo como funciona e o que deve fazer para solicitar a sua! Saiba mais sobre a cirurgia da vasectomia e a interferência ao pênis.

Vasectomia pelo SUS: O que é o procedimento?

Primeiramente, é preciso entender o que, de fato, é a Vasectomia pelo SUS, e como o procedimento é realizado para atingir a esterilização e assim impedindo os espermatozoides cheguem até os canais desde o saco escrotal, impedindo assim a reprodução humana.

Em geral, todo o processo é feito por um método bem fácil e rápido. O procedimento é feito no ducto deferente, onde ocorre o transporte do espermatozoide.

Com isso, a técnica consiste em um pequeno corte na região, isolando o ducto para que não haja o transporte de espermatozoide até o sêmen, que ainda é expelido naturalmente, assim os espermatozoides no testículo não irão passar pelos vasos sanguíneos, que são responsáveis pela forma de transporte até a fecundação.

Com a aplicação da anestesia local, incisão no testículo e finalização da cirurgia, o processo pode levar menos de 30 minutos. Ou seja, normalmente não há necessidade de internação ao fazer a cirurgia de vasectomia nem demais preocupações em saúde no geral, visto que é uma ação fácil e rapidamente realizada em ambulatório do postinho ou clínica.

O procedimento é administrado de maneira gratuita pelo SUS, o que é uma ótima maneira de prevenir alguma gravidez indesejada ou quando o casal não possui mais a vontade de ter mais filhos, dessa forma, é seguro, rápido, não tem custo algum e ainda possui grandes índices de que não terá demais problemas.

vasectomia

Como funciona a Vasectomia pelo SUS?

Se você pretende realizar a Vasectomia pelo SUS, a primeira coisa a se fazer é ira até a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima de você. Lá você terá que passar por um planejamento familiar e assim agendar uma consulta para que essa cirurgia seja feita em caso de desejo do indivíduo, que pode variar de pessoa para pessoa, o que é normal.

Com isso, é possível realizar a primeira avalição, entender melhor como o processo funciona diretamente com os profissionais da área. É interessante entender que a vasectomia não é complicada e dificilmente traz riscos à saúde, sendo melhor do que muito do método anticoncepcional existentes, sem necessidade de tomar nada diário, semanal ou mensal.

Em seguida, você será encaminhado a um especialista para que sejam realizados os exames pré-operatórios, com as devidas instruções para a cirurgia.

Porém, não é qualquer um que pode realizar o procedimento de Vasectomia pelo SUS. É preciso atender a alguns requisitos. Fique de olho no que é necessário na cirurgia, qual homem é barrado, se você é apto e tudo que você precisa saber.

Esse pré exame é necessário para que as pessoas possam ter plena certeza de que não terão demais problemas após realizar a cirurgia, por isso, é preciso que seja feito tudo dentro do esperado e conforme o planejado pelos médicos.

Quem pode fazer?

Para fazer a Vasectomia pelo SUS, é preciso que o paciente tenha, ao menos 25 anos de idade, ou 2 filhos vivos.

Além disso, caso seja casado, o paciente ainda precisa de uma autorização prévia de sua esposa, haja vista que, pelas regras do Sistema Único de Saúde, não é possível solicitar o procedimento de reversão, ou seja, não são reversíveis, pelo SUS a cirurgia é definitiva.

Com isso, o órgão estabelece que o paciente deve aguardar um período de 60 dias entre a solicitação do procedimento e sua realização de fato. Tudo isso para que pense bem sobre o processo e não tenha a chance de se arrepender posteriormente.

Como solicitar a vasectomia pelo SUS?

Para realizar a Vasectomia pelo SUS, você deve procurar pelo médico urologista, o qual irá orientar o paciente para que todo o processo administrativo seja feito.

Em seguida, na Unidade Básica de Saúde (UBS), será feito um levantamento geral de sua saúde, para saber se a cirurgia poderá ser realizada e se oferece cirurgia em específico.

Além disso, será necessário o participar da palestra de Planejamento Reprodutivo, onde serão debatidos alguns métodos contraceptivos, com foco na Vasectomia.

Com isso, através de toda orientação repassada pelos médicos e atendentes, você será direcionado ao Ambulatório de Pequenas Cirurgias indicado, onde deve apresentar os seguintes documentos:

  • ATA preenchidas e com assinatura reconhecida em Cartório (03 vias);
  • Cartão do SUS;
  • Cartão de consulta com número da SES-DF;
  • Cópia da Certidão de nascimento dos filhos, caso houver;
  • Cópia do CPF;
  • Cópia do comprovante de residência (CEP).

Lembre-se de levar tudo isso para que não tenha demais problemas para executar sua vasectomia, portanto, verifique essa lista sempre que necessário.

Os protocolos da Vasectomia pelo SUS

Após procurar pela Unidade Básica de Saúde (UBS) , o paciente deve passar por algumas etapas – protocolo a ser seguido antes da realização da cirurgia.

Sendo assim, se você deseja realizar a Vasectomia pelo SUS, é preciso entender como cada etapa funciona. Confia:

1°- Reflexão

Em geral, nenhuma cirurgia de esterilização é realizada de imediato. O paciente deve passar por um período de reflexão – 60 dias entre a solicitação e a cirurgia.

Isto é, após realizar a Vasectomia pelo SUS, não é possível solicitar o procedimento de reversão pela Rede Pública de Saúde. Logo, é necessário ter certeza a respeito da realização.

2°- Documentação

Como apontado acima, o paciente deve reunir alguns documentos e apresentá-los junto aos responsáveis pelo acompanhamento. Além dos documentos pessoais, é preciso apresenta os exames pré-operatórios, como:

  • Exames de sangue,
  • Exame de coração e
  • Check-up geral.

3°- Reuniões do SUS

Uma das etapas mais importantes para a realização da Vasectomia pelo SUS são as reuniões. Lá você receberá as demais orientações e vai entender melhor como funciona todo o procedimento cirúrgico.

Com isso, o paciente é orientado sobre todos os cuidados que deve tomar após a cirurgia, inclusive quanto as relações sexuais, que deve ser feita com uso de preservativo por um determinado período.

Você ainda pode conferir outras informações sobre a Vasectomia pelo SUS 2020 no site do Ministério da Saúde, clicando aqui.

Gostou do nosso conteúdo? Não deixe de conferir outras dicas e recomendações aqui no site!

Outros procedimentos pelo SUS

Rafaela Trevisan Cortes

Conheça Mais Sobre o Autor

Deixe seu Comentário

WebGo Content